Utilidades

29 jul Especialistas debatem sobre regras da ANS que incentivam parto normal

As novas medidas da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para estimular o parto normal na rede privada e reduzir nascimentos antes da hora por cesariana foram comemoradas por especialistas em saúde maternoinfantil. Associações médicas, no entanto, questionam as regras, que preveem mais informações para auxiliar a gestante na escolha do obstetra e incluem o preenchimento, pela equipe de saúde, de um gráfico sobre etapas do trabalho de parto, o partograma.

As novas regras foram adotadas para tentar reduzir o alto índice de cesarianas na rede privada, que chegam a 84% dos nascimentos, enquanto somam 40% nas unidades públicas, segundo o Ministério da Saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o número fique próximo de 15%.

Segundo Silvana Granato – uma das coordenadoras da pesquisa Nascer no Brasil da Fundação Oswaldo Cruz, que ouviu mais de 24 mil mães em todo o país –, a exigência do partograma obriga a equipe médica a esperar a mulher entrar em trabalho de parto, em vez de realizar cesarianas pré-agendadas, antes mesmo de indicação médica. “Com esse documento, teremos como saber qual a justificativa para a cesariana.”

Silvana contou que é normal gestantes da rede privada agendarem as cesarianas com antecedência, por uma série de razões culturais, como a falta de informação sobre o parto normal humanizado. Ela alerta que, em alguns casos, os bebês nascem a partir da 35ª semana, antes de estarem totalente formados, entre a 39ª e 40ª semana. “A cesariana é um evento para salvar vidas, só deve ser feita sob recomendação porque têm grandes chances de causar prejuízos”. Quando os bebês nascem antes do tempo, têm mais chances de terem problemas respiratórios e serem internados em UTI.

As associações médicas concordam que é alto o número de cesarianas na rede privada de saúde, mas são reticentes às novas regras da ANS. O Conselho Federal de Medicina (CFM) questiona a obrigatoriedade de apresentação de percentuais de partos cesáreos e normais e teme que os especialistas sejam estigmatizados na rede.

“Temos hospitais e médicos especializados em alto risco que, obviamente, fazem mais partos cesáreos”, explicou o vice-presidente do CFM, Mauro Luiz de Britto Ribeiro. Ele defende que outras variáveis sejam divulgadas junto com os percentuais, como a própria especialidade médica e as condições de cada unidade de saúde para atender a eventualidades.

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) questiona quem ficará responsável pela confecção dos partogramas, caso o papel não seja fornecido pelos hospitais e clínicas. O Ministério da Saúde, no entanto, informou que se o documento não estiver disponível pode ser solicitado pela internet à ANS. Já no caso de não poder ser preenchido por alguma intercorrência no parto, autoriza os planos a receberem um relatório médico detalhado.

Read More

22 jun Você está por dentro do seguro residencial?

Quando procuramos o seguro residencial, estamos preocupados com o bem-estar da nossa família, lar e bens materiais com valores incalculáveis. Esse é o local mais importante das nossas vidas e, por isso, temos um apreço tão especial pelo endereço.

Essa importância atribuída à residência, invariavelmente se estende ao seguro da mesma. É o tipo de seguro que mais nos preocupamos em analisar os detalhes. Conforme afirma Raul Lara, nosso colaborador, que  possui bacharelado em gestão de seguros, dos clientes que procuram por esse tipo de benefício, estima-se que uma média de 80% se importe mais com os detalhes do serviço contratado.

Mesmo assim, às vezes, algo pode passar despercebido.  Quando se faz um seguro residencial, não é necessário apresentar nenhum documento comprobatório, pois se trata de um contrato de boa fé. Entretanto, saiba sobre os documentos necessários para receber o apoio da seguradora na hora que for importante. Veja se a escritura, RGI ou outros estão perfeitamente regulamentados para na hora do sinistro não haver surpresas. A seguradora não precisará arcar com o valor da indenização caso sua documentação esteja fora dos padrões.

Caso não saiba por onde começar a regularização e quais ajustes devem ser checados, nos procure. Nós da Delinea Corretora de Seguros estamos sempre à disposição para eventuais questionamentos e explicações sobre os deveres e direitos entre clientes e seguradoras. Não hesite em procurar especialistas no assunto para que não haja nenhuma surpresa na hora que você mais precisar.

Read More

08 maio O valor do seguro e suas
variações em capitais do Brasil

Olá! Sejam todos bem-vindos ao nosso blog. Aqui será um espaço destinado a compartilharmos informações de interesse público. Vamos bater um papo sobre tudo relacionado ao mundo dos seguros. Entenderemos as vantagens, desvantagens, pontos altos, polêmicas, entre outros assuntos que digam respeito ao conforto, comodidade e melhores escolhas para contratar o melhor produto.

Começaremos hoje, atentando para as variações dos seguros de carros pelo país. Segundo o portal G1 Auto Esporte, os mesmos podem variar em até 350% de investimento em cinco capitais diferentes. O levantamento foi feito em fevereiro e apontou o Ford Ka como o veículo com a maior variação. O que pode chegar a R$ 650,00 no Rio de Janeiro, também existe a possibilidade de atingir R$ 2.936,00 em Salvador.

Vale citar que a pesquisa foi realizada a partir de um perfil de um homem de 30 anos e que usa o carro em média 15km por dia para trabalhar e com vaga no estacionamento de casa e do trabalho.

Os valores mais caros dos prêmios ficaram por conta do Fiat Strada, em três capitais, com valores entre R$ 3.000,00 a R$ 4.100,00 e do Wolkswagen Saveiro nas outras duas. Já o menor valor tem o Ford Ka em quatro das cinco cidades, com valores entre R$ 1.280,00 e R$ 1.293,00 . São Paulo teve o Chevrolet Onix em R$ 1745,00.

“Algumas vezes as seguradoras têm suas estratégias de captação de clientes e essa variação pode se apresentar como uma gangorra”, afirma Rodrigo Costa, nosso corretor de seguros.

É importante que saibamos observar o cenário e, só assim, fazer uma avaliação de qual seguro ter e até quanto vale pagar. A Delinea se propõe a analisar as melhores opções para atender as necessidades e os bolsos de cada um dos nossos clientes, maximizando a utilização dos serviços e diminuindo os esforços dos clientes.

Read More